Dicas para quem vai morar na Europa

O grande sonho de morar na Europa é o desejo de muitos brasileiros por aí, sabendo disso separamos algumas dicas para que você esteja preparado para essa aventura. Este sonho pode se tornar realidade se houver foco e planejamento.

Para iniciar esse projeto é necessário escolher se o objetivo será estudar, criar uma empresa no exterior, ou potencializar ao máximo e fazer ambos. Isso o ajudará escolher o melhor país para viver essa experiência. A vida na Europa será fantástica se você escolher o lugar certo e para isso separamos dicas para ajudar neste processo. Vamos lá!

 

Escolha um país com o seu perfil

Para escolher o país certo é necessário considerar a cultura, o idioma, a economia e o clima. Por exemplo, se você é uma pessoa mais reservada, adora o frio, domina ou quer aprender o inglês e quer estudar e trabalhar em um país com a economia estável a Inglaterra é uma opção.

Agora, se o seu perfil é de uma pessoa mais extrovertida, adora o calor, quer aprender espanhol e trabalhar, a melhor opção é a Espanha. Para definir o país ideal para você viver fora, não basta pesquisar, é importante fazer uma análise dos prós e contras e estabelecer as prioridades do momento. Com isso, a escolha será certeira!

 

Analise o custo de vida do país

Alguns países são muito desejados por algumas pessoas, porém, antes de escolhê-los analise o custo de vida. França, por exemplo, é muito requisitada pelo glamour e cultura, entretanto, é um dos países da Europa com o maior custo de vida. O aluguel de um apartamento com um 1 quarto em Paris pode chegar a €800!

Então, faça um orçamento, defina as prioridades e pesquise muito sobre o custo de vida no país escolhido. Isso evitará frustrações no seu intercâmbio!

 

Pesquise sobre os diversos tipos de visto

Para conseguir um visto com sucesso é necessário pesquisar como cada país define suas regras de estudo e trabalho para estrangeiros. Isso envolve tempo de permanência, preço de cursos, oportunidades de trabalho, sazonalidade, fluência em idiomas e estabilidade econômica de cada país.

É fundamental que no planejamento estes fatores sejam levados em consideração e que tudo esteja organizado até o dia da viagem.

No Brasil existe muito suporte na hora de tirar o visto, assim como para conseguir a cidadania europeia. Escolha com critério quem irá ajudar neste processo.

 

Tem parente europeu? Verifique a possibilidade de cidadania

Outro fator importante na hora de decidir para onde ir é verificar se há o direito para obtenção de cidadania. Para isso, é necessário buscar a árvore genealógica de sua família e quais são suas origens e, ainda, se existe algum familiar morando na Europa. A empresa Eurocitizen pode ser uma opção para você verificar a possibilidade de obtenção de uma cidadania européia.

As informações que conseguir irão ajudar a conquistar a cidadania europeia e fazer a ida para a Europa ser realidade.

Com estas 4 dicas você pode iniciar seu planejamento com sucesso!